sábado, janeiro 22

Poeira

(Uma Galáxia (de infinitas): Cada pontinho é um Sol, e em cada Sol existem planetas. Estamos sós? Somos mesmo tudo no Universo?)

O Universo é o conjunto de tudo que se encontra dentro do Espaço e do Tempo, incluindo as galáxias, os sistemas solares, as estrelas, os planetas, enfim tudo que é matéria e energia.
Inúmeras galáxias existem no Universo, e em cada galáxia estão presentes quase infinitas estrelas, e ao redor das estrelas estão vários planetas e dentro de cada planeta existe um meio ambiente, que no caso da Terra comporta vida.
Os seres humanos possuem o dom da Vida, e são dentro deste sistema solar a criatura mais complexa e desenvolvida, possuem a razão, a capacidade de modificar o meio ao redor de acordo com suas vontades ou necessidades, e é também capaz de viver em sociedade afim de um interesse em comum.
As sociedades estabelecem padrões de aparência, comportamento, objetivos e necessidades que obrigam os seus constituintes a seguir o tal padrão afim de se encaixar e ser feliz no meio social, e assim crescer como pessoa, e sempre possuir coisas melhores e pessoas melhores ao redor.
Os seres humanos são cheios de defeitos como o Egoísmo, a Ganância, e a Intolerância, mas o pior de todos é a Soberba, de pensar que somos o centro do Universo e que tudo conspira para somente nos afetar. Impomos a presença de um Deus que seria exatamente esta força que nos afeta, e por medo veneramos tal presença. Porém se existe um Deus, ele é grandioso demais para se preocupar com os pensamentos e atitudes de um bocado de poeira encima de uma rocha humida.
O Grande Arquiteto do Universo, da Obra Cósmica, é senão o acaso, que de maneira misteriosa ordena todos os fatos ao mesmo tempo , e traçam o destino da existência para um Objetivo não menos misterioso e impossível de prever.
Não existe pecado, não existe milagre ou boa conduta, não existe certo nem errado, e temos a sorte de sermos apenas poeira, pois de caso contrario, se fôssemos mais grandiosos arrumaríamos briga com todo o resto do Universo, com certeza.

Nenhum comentário: